Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de dezembro de 2019, 16h48

Mourão diz que retaliação de Trump é “protecionismo” gerado por “tensão geopolítica”

Para Mourão, a decisão de Trump de aumentar taxas sobre aço e alumínio do Brasil tem a ver com o embate entre EUA e China

Foto: Karim Kahn/Fiesp

O vice-presidente Hamilton Mourão criticou na tarde desta segunda-feira (2) a atuação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de aumentar as tarifas de importação sobre o aço e o alumínio com origem no Brasil e na Argentina.

“Hoje, pela manhã, Trump disse que vai aumentar as tarifas do aço brasileiro porque estamos desvalorização de forma artificial as nossas moedas. Não é o que está acontecendo. Isso [a decisão de Trump] é uma característica da tensão geopolítica que estamos vivendo, que gera protecionismo e é anticíclica em relação à globalização”, declarou Mourão.

O vice-presidente destacou o embate entre China e Estados Unidos e lamentou o “protagonismo” da situação. “EUA e China passam por um choque tecnológico, comercial, mas é também uma disputa de pode. Óbvio que abre oportunidades a países como nós, que precisamos dinamizar exportações, de financiamento de infraestrutura, de construção, e os chineses estão dispostos a financiar”, avaliou. “Esse protagonismo provoca tensão no cenário internacional”, finalizou.

Jair Bolsonaro

Sem entender a medida protecionista lançada pelo presidente estadunidense, Bolsonaro não deu declaração para “não ter de recuar depois, tá ok?”. “Vou conversar com o Paulo Guedes. Se for o caso, ligo para o Trump. Tenho um canal aberto com ele”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum