terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

Mourão diz que vice-líder do governo pego com dinheiro na cueca não é do governo

Chico Rodrigues deve entregar o cargo de vice-líder do governo ainda nesta quinta-feira

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) afirmou, nesta quinta-feira (15), que Chico Rodrigues (DEM-RR), o vice-líder do governo no Senado pego com dinheiro na cueca em operação da Polícia Federal, não é do governo.

Mourão disse que Rodrigues seria uma “linha auxiliar do governo”: “Todos aqueles que estão dentro do Parlamento e que trabalham em favor do governo, ocupando cargos de vice-liderança e até mesmo fazendo parte da base, é uma linha auxiliar. Ele não é um membro do Executivo”, disse.

O posto de vice-líder deverá ser retirado do senador ainda hoje, segundo apuração do UOL.

Mourão disse ainda que Chico Rodrigues deveria se afastar. “Eu acho que seria bom ele voluntariamente até para poder se defender das acusações que tem de forma mais livre”, afirmou.

Foram encontrados na casa do senador cerca de R$ 30 mil em dinheiro vivo, e boa parte desse valor estaria escondido na cueca de Rodrigues. Ao averiguarem as cédulas nas partes íntimas do senador, os agentes teriam se dado conta de que ele também estaria escondendo dinheiro entre as nádegas. A publicação diz ainda que algumas notas estariam, inclusive, sujas de fezes.

A investigação da PF apura que os valores desviados de recursos de combate à Covid-19 no estado somam aproximadamente R$ 20 milhões em emendas parlamentares. A Controladoria-Geral da União (CGU) também atua na apuração.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.