MP faz busca e apreensão em casa de assessora de Flávio Bolsonaro

Alessandra Esteves Marins teria repassado R$ 155 mil em salários para Fabrício Queiroz

Uma casa de uma assessora do senador Flávio Bolsonaro é alvo de uma ação de busca e apreensão do Ministério Público estadual no inquérito que apura o suposto esquema de “rachadinha” no gabinete do então deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Leia também: Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em chácara no interior de SP

Segundo informações da GloboNews, a casa é de Alessandra Esteves Marins, que atua como assessora de Flávio em escritório na Barra da Tijuca. Na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Marins teria repassado R$ 155 mil em salários para Queiroz.

Na mesma operação, o ex-assessor Fabrício Queiroz, amigo do presidente, foi preso no interior de São Paulo.

A GloboNews havia informado inicialmente que o endereço seria ligado ao presidente Jair Bolsonaro e teria funcionado como comitê de campanha de Bolsonaro nas eleições de 2018. A informação foi retificada.

Atualização às 9h45, com a retificação da GloboNews

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR