Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de abril de 2019, 20h01

MPF de Brasília reforça denúncia da PGR contra Lula, Palocci e Paulo Bernardo

Lula é acusado de corrupção passiva pelo fato de a Odebrecht, supostamente, ter "prometido" R$64 milhões ao ex-presidente por contrapartidas do governo favoráveis à empresa

Foto: Ricardo Stuckert

O Ministério Público Federal (MPF) em Brasília reforçou nesta sexta-feira (12), através de manifestação do procurador Carlos Henrique Martins Lima, a denúncia aparesentada em novembro do ano passado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ex-presidente Lula e os ex-ministros Antonio Palocci e Paulo Bernardo.

À época, a PGR acusou Lula de corrupção passiva pelo fato de a Odebrecht, supostamente, ter “prometido”, em 2010, R$64 milhões por contrapartidas do governo que fossem benéficas à empreiteira. A denúncia havia sido apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) mas, como apenas deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) tem foro especial entre os denunciados, o relator, ministro Edson Fachin, desmembrou o caso e enviou a parte de Lula, Palocci e Bernardo para a primeira instância.

Com o “reforço” da denúncia, o MPF pede para que a Justiça Federal torne o ex-presidente e os dois ex-ministros réus por corrupção passiva. Não há prazo para o pedido ser analisado.

*Com informações do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum