MPF recorre e pede condenação de Allan dos Santos por ataques a Barroso

Em primeiro julgamento, Justiça não viu ameaça em vídeo em que o blogueiro bolsonarista mira o presidente do TSE para defender tese de Bolsonaro: " De uma vez por todas Barroso, vira homem! Tira a p** do digital! E bota só terrorista! Pra você ver o que a gente faz com você"

A Procuradoria da República no Distrito Federal recorreu da decisão judicial que diz que não houve crime de ameaça em um vídeo divulgado por Allan dos Santos em 24 de novembro do ano passado em que o blogueiro bolsonarista ataca o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia também: Blogueiro Allan dos Santos enviou R$ 109 mil aos EUA, revela quebra de sigilo

Para o MPF houve clara ameaça quando o blogueiro desafiou o magistrado a sair dos meios digitais para “ver o que a gente faz com você”.

No vídeo, Allan dos Santos defende a tese de Jair Bolsonaro (Sem partido) sobre fraude no sistema eleitoral e ameaça o ministro.

“Tira o digital, se você tem culhão! Tira a p** do digital, e cresce! Dá nome aos bois! De uma vez por todas Barroso, vira homem! Tira a p** do digital! E bota só terrorista! Pra você ver o que a gente faz com você. Tá na hora de falar grosso nessa p**!”, diz o blogueiro.

A investigação foi aberta pelo MPF a pedido de Barroso. Na sentença, a justiça disse, no entanto, que “um magistrado não pode nem deve ser facilmente intimidado” e que as falas de Allan Santos seriam insuscetíveis de concretização, já que o ministro teria equipe de segurança à sua disposição.

Para o MPF, o próprio ministro representou e pediu providências, o que já demonstra a intimidação causada pela fala do denunciado. “O fato de a autoridade ter à sua disposição vigilantes apenas mitiga o risco, mas não impossibilita a sua ocorrência”

A Procuradoria relata ainda que “em meio a tanta tensão política ocorrida no país nos últimos anos, qualquer instigação mais enérgica propagada por pessoas com grande influência nas mídias sociais da internet, como o caso de Allan dos Santos , facilmente serve de estímulo para que terceiros cheguem às vias de fato e concretizem as agressões e violências sugeridas no discurso”.

Publicidade

Na peça enviada ao Tribunal Regional da 1ª Região, o MPF destacou que o crime incitado pelo blogueiro pode ser facilmente identificado no trecho de sua fala que diz: “Pra você ver o que a gente faz com você”. “Por mais que não esteja de forma explícita e detalhada qual será a atitude que Allan dos Santos irá realizar, caso a ameaça se concretize, é possível inferir-se que, no mínimo, trata-se de uma lesão corporal contra o Ministro do STF”, afirma o MPF.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR