Fórumcast #20
02 de outubro de 2017, 10h22

MST lamenta o falecimento de Istvan Meszaros

Meszaros deixa uma vasta obra - ferramentas de nosso tempo nas mãos dos militantes sociais pelo mundo todo - entre elas, destaca-se "Para Além do Capital"

Meszaros deixa uma vasta obra – ferramentas de nosso tempo nas mãos dos militantes sociais pelo mundo todo – entre elas, destaca-se “Para Além do Capital”

Do MST Brasil

As trabalhadoras e os trabalhadores rurais sem terra do MST do Brasil lamentam profundamente o falecimento de Istvan Meszaros, filósofo marxista, escritor e militante, nascido na Hungria em 1930.

Meszaros faleceu ontem (01), vítima de falência múltipla de órgãos, decorrente de dois derrames que avançaram para um agravamento fatal. Estava na UTI hospitalar, sempre assistido por familiares e amigos.

Dedicava-se no último período à sua nova obra com ênfase na análise crítica sobre o Estado, “Para Além do Leviatã”, tema fundamental para a formulação estratégica e retomada necessária da ofensiva socialista.

Meszaros deixa uma vasta obra – ferramentas de nosso tempo nas mãos dos militantes sociais pelo mundo todo – entre elas, destaca-se “Para Além do Capital”. A ousadia provocadora de sua obra, revela uma juventude marcante em Meszaros que o acompanhou por toda sua vida.

Veja também:  Mais de 50 cidades já se mobilizaram neste #Tsunami13Agosto

Que as sementes lançadas por este grande homem sejam semeadas por toda a parte. Em tempos tão dificeis, de barbárie em curso e confusões ideológicas, a certeza é de que a marcha sempre segue e ninguém poderá dete-la.

Pois para o capital, “Seres humanos são, ao mesmo tempo, absolutamente necessários e totalmente supérfluos”. (Istvan Meszaros).

MST – Brasil


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum