Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de outubro de 2018, 16h29

Mujica: “não posso me esquecer que Hitler foi levado ao poder pelo voto popular”

Para ex-presidente do Uruguai, "são os povos os únicos que têm direito a se equivocar porque são os que pagam a conta".

Reprodução

Em sua vídeo-coluna na agência de notícias alemã Deutsche Welle, José Alberto “Pepe” Mujica, ex-presidente do Uruguai, disse que ao observar as eleições no Brasil e na Baviera – com os resultados favorecem partidos da extrema-direita – e no México – com a vitória do esquerdista Andrés Manuel López Obrador com um discurso antissistema -, é possível perceber que “estamos em tempos de massivo inconformismo”.

“Estes resultados têm algo em comum. Muita gente vota contra, sem saber claramente no que vota”, disse Mujica. Segundo ele, especificamente no Brasil, este discurso antissistema pulverizou os partidos políticos tradicionais. “E surge uma assustadoramente uma candidatura impensável nos parâmetros atuais da história do Brasil, inclusive da América Latina”.

Para o uruguaio, os tempos da ditadura nos países da América Latina ainda estão muito presentes. “Alguma coisa temos em nossa memória é precisamente a dor do que significaram os governos “fortes”, os governos duros, os quais temos farto conhecimento na nossa história”, disse.

“Mesmo assim, os povos acertam e se equivocam. E eu não posso me esquecer que Hitler foi levado ao poder pelo voto popular. São os povos os únicos que têm direito a se equivocar porque são os que pagam a conta”, afirmou.

Veja o vídeo na íntegra.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum