terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Na Folha de S. Paulo: “Os reais direitos humanos nunca estiveram tão bem como agora com Bolsonaro”

O advogado Ricardo Sayeg é defensor do direito ao porte de armas. Ao mesmo tempo, é professor livre docente de direitos humanos da PUC-SP e presidente licenciado da Comissão de Direitos Humanos do IASP (Instituto dos Advogados de São Paulo).

Além disso, ainda é entusiasta do governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), ao ponto de afirmar em artigo publicado na página Tendências e Debates da Folha de S.Paulo desta terça (31) que “os reais direitos humanos nunca estiveram tão bem como agora com Bolsonaro”.

Para ele, os direitos humanos estavam ameaçados durante os governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. “Isto é, os reais direitos humanos, e não a sua deturpação, que são os ‘direitos dos manos’”, ressalta ele e acrescenta: “repudiados pela população porque servem ao crime e à impunidade e acentuam o enfraquecimento institucional e a corrupção”.

Após fazer defesa incondicional de Bolsonaro, Sayeg repete o mantra da vez: “neste primeiro ano não houve um único escândalo de corrupção no governo federal”. E encerra: “é por isso que, no Brasil, o balanço dos direitos humanos neste ano é positivo. Há muito por fazer em 2020, mas a trilha está traçada”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.