Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de abril de 2019, 09h11

Na presidência, Bolsonaro avalia memes para publicação no Whatsapp e nas redes sociais

“Tá muito bom. Pode mandar para suas redes que eu já mandei para os meus mais de cem grupos”, diz Bolsonaro em áudio aprovando mensagem satírica, quase sempre com fake news, distribuídas em suas redes

Reprodução

Reportagem de Naira Trindade, na edição desta quarta-feira (10) do jornal O Estado de S.Paulo, informa que entre as audiências e compromissos na Presidência da República, Jair Bolsonaro avalia e aprova pessoalmente os memes (mensagens satíricas, quase sempre com fake news) que serão divulgados em grupos de whatsapp e nas redes sociais dele e de aliados próximos, como os filhos.

A repórter teve acesso a áudios de Bolsonaro aprovando as criações. “Tá muito bom. Pode mandar para suas redes que eu já mandei para os meus mais de cem grupos”, diz o presidente em um dos áudios.

Em outro áudio ouvido pela reportagem, Bolsonaro critica o tamanho das letras de uma legenda usada em uma fotografia dele. “Olha, essa letrinha aí não tá boa, não. Vai ficar difícil para ler”, observa. O meme vetado não foi publicado nas redes sociais de aliados.

Depois de passarem pelo crivo do presidente, os memes são disparados para grupos de WhatsApp e replicados nas redes sociais de Bolsonaro e de auxiliares. O presidente só autoriza o filho “02”, Carlos, vereador pelo PSC do Rio, e outros dois assessores a fazerem as postagens. Eles têm trabalhado intensamente nessa tarefa. Nos três meses de governo, o grupo publicou, em média, seis mensagens diárias no Twitter e quase quatro no aplicativo Instagram.

Leia a reportagem completa


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum