Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de março de 2019, 21h00

Nana Caymmi defende Bolsonaro e ataca Gil, Caetano e Chico

Declarações da cantora em entrevista à Folha de S.Paulo geraram revolta e viraram um dos assuntos mais comentados no Twitter

Foto: Divulgação

Nana Caymmi resolveu “atirar para todos os lados”. Em entrevista à Folha de S.Paulo, nesta quinta-feira (28), a cantora saiu em defesa de Jair Bolsonaro e atacou Chico Buarque, Gilberto Gil e Caetano Veloso, que sempre se caracterizaram por posicionamentos políticos progressistas. A repercussão foi tanta que o nome da cantora virou um dos assuntos mais comentados no Twitter.

A cantora admitiu ter votado em Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2018 e pediu apoio ao presidente: “É injusto não dar a esse homem um crédito de confiança. Um homem que estava fodido, esfaqueado, correndo pra fazer um ministério, sem noção da mutreta toda… Só de tirar PMDB e PT já é uma garantia de que a vida vai melhorar”, declarou.

E partiu pra cima dos músicos: “Agora vêm dizer que os militares vão tomar conta? Isso é conversa de comunista. Gil, Caetano, Chico Buarque. Tudo chupador de pau de Lula. Então, vão pro Paraná fazer companhia a ele. Eu não me importo”, acrescentou.

Não contente com o ataque gratuito, Nana, que já foi casada com Gilberto Gil, escolheu o artista baiano para mais críticas: “Gil é maluco, adora aparecer. Se pudesse, dormia no palco. E ele tá cansado. Chega, está cantando há séculos e aos gritos. Eu falei: ‘Gil, não grita’, ‘Gil, não grita’. Mas conselho não se dá. Por que Caetano tem a voz que tem, a mesma desde que nasceu entre as pernas de dona Canô? Não há possibilidade de ele dar um grito. Só dá grito quando ele tá furioso com a Paula (Lavigne) ou se é pra falar de jornalista”.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum