“Não sei de quem é”: Bolsonaro usa vídeo da internet para culpar governadores por alta da gasolina

Em campanha antecipada, presidente discursou durante evento evangélico e voltou a fugir da responsabilidade pela crise econômica e social

O presidente Jair Bolsonaro, em mais um gesto de campanha antecipada, discursou em um evento de evangélicos nesta terça-feira (5) e voltou a culpar os governadores pelos sucessivos aumentos no preço dos combustíveis e alimentos.

O chefe do Executivo participou do 1º Simpósio Cidadania Cristã do Brasil, organizado pela Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil, na Igreja Batista Central de Brasília, e foi acompanhado de André Mendonça, da Advocacia-Geral da União (AGU) – indicado “terrivelmente evangélico” do presidente para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Para culpar os governadores pela alta nos preços dos combustíveis e alimentos, Bolsonaro exibiu um vídeo extraído da internet, cujo autor nem mesmo ele conhece. “Peguei na internet. Não sei quem é essa pessoa”, disparou o mandatário.

Assista ao trecho divulgado pelo portal Metrópoles.

Petroleiros desmentem Bolsonaro sobre alta dos combustíveis

O coordenador geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, se manifestou na última semana sobre o aumento dos preços dos combustíveis. A declaração de Bacelar desmente o presidente Jair Bolsonaro, o presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

“O verdadeiro culpado pelos sucessivos reajustes dos combustíveis é a política de preço de paridade de importação (PPI), adotada pela gestão da Petrobrás, que se baseia nas cotações internacionais do petróleo, na variação do dólar e nos custos de importação, sem levar em conta que o Brasil produz internamente cerca de 90% do petróleo que consome”, afirmou Bacelar

“Não adianta o jogo de empurra em busca de responsáveis pela alta dos derivados. O ICMS e as margens de distribuidoras e postos são percentuais cobrados sobre o preço na refinaria, quando a Petrobrás sobe, tudo isso sobe”, completou.

O dirigente da FUP afirmou ainda que o presidente da Petrobras “mente ou não sabe fazer contas”. Segundo ela, a participação da Petrobrás nos preços dos combustíveis, nas refinarias, vem aumentando desde a implantação do PPI, em 2016.

Publicidade

A posição de Silva e Luna segue o que tem repetido Bolsonaro, que joga no ICMS a culpa pela alta nos combustíveis. O Arthur Lira, inclusive, decidiu acompanhar esse discurso. “Sabe o que é que faz o combustível ficar caro? São os impostos estaduais. Os governadores têm que se sensibilizar”, disse o deputado em evento ao lado do chefe do Executivo, no dia 29 de setembro.

Notícias relacionadas

Publicidade

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_