segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

“Não vão encontrar nada que me comprometa”, diz Bolsonaro sobre suposto ataque hacker

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta-feira (25) que não está preocupado com vazamentos, registra a Folha. Uma nota curta emitida nesta quinta-feira (25) pelo Ministério da Justiça, comandado por Sérgio Moro, afirma que as investigações da Polícia Federal apontam que o presidente Jair Bolsonaro também teria sido hackeado pelo grupo de Araraquara.

“Não estou nem um pouco preocupado se, por ventura, algo vazar aqui do meu telefone. Não vão encontrar nada que comprometa”, disse Bolsonaro durante viagem a Manaus nesta quinta-feira (25). Ele afirmou que, como capitão do Exército, sabe se precaver.

“[Hackers] perderam tempo comigo”, completou.

Mais cedo nesta quinta, o Ministério da Justiça, sob o comando de Sergio Moro, informou que aparelhos celulares de Bolsonaro foram alvo do grupo.

Para evitar invasões de hackers, o presidente Jair Bolsonaro recebeu, quando assumiu o mandato, um telefone criptografado, mas ele segue utilizando um telefone comum.

Em conversas reservadas, Bolsonaro reclama que o aparelho protegido é pouco prático, uma vez que ele não permite a instalação de aplicativos como WhatsApp, Telegram, Twitter e Instagram.

George Marques
George Marques
Jornalista e Relações Públicas pela Faculdade JK de Brasília. É também especialista em comunicação pública e comunicação política no legislativo, tendo já sido indicado ao Prêmio Comunique-se de Jornalismo Político. Já trabalhou na cobertura de política para o site The Intercept Brasil e Metrópoles. É colunista da Fórum.