O que o brasileiro pensa?
18 de maio de 2020, 22h13

No Roda Viva, Felipe Neto faz mea culpa e chama impeachment de Dilma de golpe

Influenciador disse que errou ao apoiar o impeachment de Dilma Rousseff em 2016 e afirmou que não se arrepende de ter chamado outros influenciadores que não se posicionam sobre Bolsonaro de cúmplices do fascismo

Foto: Reprodução

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (18), o youtuber Felipe Neto fez um mea culpa por ter apoiado o impeachment de Dilma Rousseff em 2016 e classificou o processo como um golpe.

A fala se deu como resposta a uma pergunta sobre seu posicionamento à época e o atual. Recentemente, Neto gravou uma carta em vídeo defendendo que artistas e influenciadores que não se posicionam sobre o governo Bolsonaro são cúmplices do fascismo.

“Faço mea culpa sem problema algum. Um defeito que eu não tenho é o de teimosia. Errei muito no passado, aprendi muito desses erros. Não sou adorador de um projeto petista, mas no momento do impeachment a minha colaboração, embora não fosse comparável ao alcance de hoje, sem dúvida foi utilizada a maneira errada, equivocada, por falta de leitura, estudo. Passei os últimos 4 anos tentando corrigir esse erro e usando minha força pra afastar essa opressão que vemos hoje”, analisou o youtuber.

Ele afirmou ainda que não se arrepende de ter chamado os influenciadores que não se posicionam sobre Bolsonaro de cúmplices do fascismo.

Felipe Neto é um dos influenciadores mais famosos do Brasil, com mais de 38 milhões de seguidores.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum