#Fórumcast, o podcast da Fórum
21 de outubro de 2019, 22h46

No Roda Viva, Joice Hasselmann defende fake news e ataca “puxadinho de família” no Planalto

A deputada federal seguiu reafirmando fake news que divulgou na época da campanha e rebateu os ataques que vem sendo promovidos contra ela pelos filhos de Bolsonaro; parlamentar ainda revelou que foi um "alívio" deixar de ser líder do governo no Congresso

Reprodução/TV Cultura

Em meio à crise que vem assolando o PSL, partido de Jair Bolsonaro, a ex-líder do governo no Congresso, deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), criticou o que chamou de “puxadinho de família” no Planalto, em referência à influência exercida pelos filhos de Jair Bolsonaro no governo. A declaração foi dada em entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (21).

“Muitas vezes eu disse ao presidente: me ajude a te ajudar. Fazer um puxadinho da família no Planalto não vai dar certo, isso é perigoso para o país”, disparou.

Joice vem sendo alvo de ataques feitos pelos filhos do presidente e também pelos perfis da milícia digital bolsonarista nas redes – muitos dos perfis fakes utilizados para ataques feitos em massa, de acordo com suspeitas da própria deputada, seriam orquestrados pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). A parlamentar informou, na entrevista, que acionará o Ministério Público Federal contra os perfis que vêm divulgando fake news e montagens agressivas contra ela e também entrará com ações no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados – indicando que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e outros deputados possam estar envolvidos no esquema.

“Eu estou mapeando, sou jornalista e vou descobrir. Tem alguns perfis que já são identificados, que estão nas mãos de assessores dos meninos, do Carlos, do Eduardo e do Flávio”, disse Joice, sugerindo ainda que os filhos de Bolsonaro deletem seus perfis nas redes sociais e “fiquem quietos”. A parlamentar também revelou que esperava mais respeito por parte do presidente.

“Não esperava gratidão, mas um pouquinho de respeito. Agora, esses ataques da meninada, eu tenho coro duro. E eu disse ao presidente que está errado esse posicionamento. Quando alguém que é filho de um presidente fala uma frase o peso é mais forte. Tinham que deletar tudo. Fiquem quietos. Todas as crises tiveram participação direta de um dos meninos”, pontou.

Apesar de criticar a postura dos filhos de Bolsonaro nas redes sociais em espalharem fake news, a deputada defendeu notícias falsas que compartilhou durante a campanha eleitoral de 2018. “Meu papel foi fazer barulho em cima daquilo”, disse sobre um vídeo falso que compartilhou que mostrava o nome de Fernando Haddad (PT) quando um eleitor digitava apenas o número 1 na urna eletrônica.

Dizendo ainda ser apoiadora do presidente, Joice revelou que, para ela, foi um “alívio” ter deixado de ser líder do governo no Congresso.

Assista à entrevista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum