Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de novembro de 2019, 23h06

No ‘Roda Viva’, Laurentino Gomes critica visão de Bolsonaro sobre marcas da escravidão

"É de uma desumanidade, de uma falta de bom senso, de uma falta de compaixão com relação à história que me choca, vindo de um presidente da República", declarou o escritor que está lançando o livro 'Escravidão'

Reprodução/Twitter

O escritor Laurentino Gomes foi o entrevistado do ‘Roda Viva’, da TV Cultura, na edição que foi ao ar nesta segunda-feira (25) e, ao comentar sobre seu novo livro, ‘Escravidão’, refutou o argumento que diz que os escravos que chegaram ao Brasil trazidos por Portugal foram responsáveis pela própria condição e criticou diretamente o presidente Jair Bolsonaro.

“A escravidão sempre existiu. Onde houve ser humano, houve escravidão. Isso é um fato histórico. O problema é usar esse fato histórico como um argumento racista hoje para dizer que os escravos foram responsáveis pela própria escravidão, que os africanos foram responsáveis pela própria escravidão. Isso quer dizer o seguinte: eles são responsáveis pelo que aconteceu e eu branco cheiroso, poderoso e bem educado não tenho nada a ver com isso”, criticou.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Em crítica direcionada ao presidente Jair Bolsonaro, Gomes ainda criticou quem usa esse argumento distorcido para frear políticas de combate ao racismo. “[O problema] é o uso desse argumento hoje para especialmente combater políticas públicas destinadas a enfrentar o legado da escravidão. […] É de uma desumanidade, de uma falta de bom senso, de uma falta de compaixão com relação à história que me choca, vindo de um presidente da República”, afirmou.

Compuseram a bancada do ‘Roda Viva’ a jornalista Yasmin Santos, repórter da Revista Piauí; Rinaldo Gama, editor sênior da Veja; Tiago Rogero, repórter de O Globo; Maria Fernanda Rodrigues, repórter do Estadão; Marcos Augusto Gonçalves, editorialista da Folhaalém da apresentadora Daniela Lima.

Assista à fala de Laurentino Gomes: 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum