Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de junho de 2019, 08h35

No Twitter, Haddad reclama de tolerância com abusos de Moro: “até quando?”

Embora o comentário não aborde as revelações do Caso Vaza Jato, a pergunta final (“até quando?”), em referência à tolerância para com as irregularidades do ex-juiz e agora ministro, deixa subentendido que a indignação tem a ver com o acúmulo de situações em que as contravenções de Moro não tiveram maiores consequências.

Foto: Reprodução

O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato presidencial Fernando Haddad publicou em seu Twitter, nas primeiras horas desta terça (11/6), um comentário questionando a impunidade a Sérgio Moro, em virtude das diferentes irregularidades cometidas por ele quando era o juiz da Operação Lava Jato.

Em sua mensagem, Haddad lembra: “Moro deveria ter sido afastado da Lava Jato quando quebrou ilegalmente o sigilo telefônico de um chefe de Estado. Crime grave em qualquer país. Pediu escusas e se safou. Em seguida, aceitou o Ministério da Justiça em troca de uma vaga no STF com a mesma naturalidade. Até quando?”.


O comentário do ex-presidenciável tem duas partes. Começa se referindo ao vazamento dos grampos entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, em março de 2016, às vésperas da nomeação de Lula ao Ministério da Casa Civil, visando justamente boicotar a chegada dele ao cargo – tarefa na qual teve sucesso, como se sabe.

Em seguida, Haddad fala sobre o cargo que Jair Bolsonaro já deu a Sérgio Moro (o de ministro da Justiça) e outro que prometeu ao mesmo ex-juiz (o presidente afirmou, em abril, que Moro seria sua primeira indicação para o Supremo Tribunal Federal).

Embora o comentário não aborde as revelações do Caso Vaza Jato, a pergunta final (“até quando?”), em referência à tolerância para com as irregularidades do ex-juiz e agora ministro, deixa subentendido que a indignação tem a ver com o acúmulo de situações em que as contravenções de Moro não tiveram maiores consequências.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum