“Nós precisávamos de um presidente macho. Pois chegou”, afirma Damares Alves

“Vamos enfrentar a violência contra a mulher, contra o idoso, contra a criança”, disse a ministra, se esquecendo que Bolsonaro é quem mais incita o ódio no país

Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, resolveu soltar mais uma de suas “pérolas”. Ela declarou, neste sábado (12), que o Brasil precisava de um presidente “macho” para enfrentar a violência contra a mulher no Brasil. A ministra esquece que Jair Bolsonaro é o principal incitador da violência no país.

A afirmação foi feita durante o lançamento do projeto Casa da Mulher Brasileira, em Goiânia.

“Vamos enfrentar a violência contra a mulher, contra o idoso, contra a criança. Foi para isso que esse governo veio. Nós precisávamos de um presidente corajoso. Macho. Pois chegou. Acabou. Nós vamos enfrentar os agressores”, disse.

Na cerimônia, ela estava ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, do governador Ronaldo Caiado (DEM) e do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB).

Com informações do UOL

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR