sábado, 24 out 2020
Publicidade

Nova pesquisa Exame/Ideia mostra queda na aprovação de Bolsonaro

É o nível mais baixo de aprovação desde o pico da pandemia, em março e abril

Pesquisa exclusiva de EXAME/IDEIA divulgada nesta sexta-feira (25) aponta que a desaprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) voltou a subir. De acordo com o levantamento, 42% dos brasileiros se dizem insatisfeitos com os rumos da gestão federal e apenas 35% aprovam o governo.

É o nível mais baixo de aprovação desde o pico da pandemia, em março e abril, período que coincidiu com a saída dos ex-ministros Sergio Moro e Luiz Henrique Mandetta.

A pesquisa também revela que 39% dos brasileiros classificam a administração como ruim ou péssima; 34% consideram o governo ótimo ou bom e outros 26% avaliam a gestão do presidente como regular.

Bolsonaro viu sua aprovação crescer a partir de agosto, por conta do auxílio emergencial de R$ 600. “Já havia, no entanto, uma indicação de alta do viés negativo em relação ao presidente em função do aumento de preços, o que se confirmou nesta última pesquisa”, diz Maurício Moura, fundador do IDEA.

O levantamento foi realizado com 1.200 pessoas, por telefone, em todas as regiões do país, entre os dias 21 e 24 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Pesquisa Fórum

Apesar dos mais de 124 mil mortos na pandemia do Coronavírus e mais de 4 milhões de casos confirmados, pesquisa Fórum realizada em setembro mostrava que 52,9% dos entrevistados disseram aprovar a gestão de Bolsonaro. O número representa um leve crescimento em relação a julho, quando 49,1% avaliaram positivamente o governo. Com isso, 47,1% disseram rejeitar Bolsonaro em agosto, enquanto 50,9% diziam o mesmo no mês passado.

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.