sábado, 19 set 2020
Publicidade

Novo chefe do ICMBio nomeado por Salles vai ser DJ no ano novo de Fernando Noronha, diz jornalista

Um dos convidados das festas de virada de ano da Praia de Conceição em Fernando de Noronha é o arquiteto João Luiz do Nascimento Rocha, diretor do ICMBio (Instituto Chico Mendes) em Noronha nomeado pelo ministro Ricardo Salles, em junho. O que chama atenção é que ele não participará da festa apenas como convidado VIP. O representante do órgão ambiental, que adota o nome de “DJ Tequila”, aparece em um flyer que circula pelas redes sociais como atração no dia 2 de janeiro, em uma festa que cobra R$ 2.150,00 em um passaporte de três dias. O ICMBio nega que o diretor tocará na festa.

Segundo o jornalista André Trigueiro, apresentador do programa ‘Cidades e Soluções’, da Globo News, as festas em Noronha serão maiores esse ano em meio a um desmonte do ICMBio na ilha. Salles defende o aumento da visitação à Noronha, acabando com a taxa de acesso para visitantes e aumentando o número de voos para a ilha.

O ministro do Meio Ambiente chegou a fazer uma série de mudanças nos cargos da gestão ambiental da região, como o chefe do Núcleo Integrado do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) em Fernando de Noronha, Felipe Mendonça, que saiu do cargo em fevereiro. Foi no lugar de Mendonça que o chamado “DJ Tequila” assumiu, em junho. O ICMBio informa que o antigo chefe segue atuando no instituto como analista ambiental.

“Nomeado em julho deste ano, o novo Chefe do ICMBio em Fernando de Noronha vai se apresentar como DJ numa das festas. João Luiz do Nascimento Rocha é o ‘DJ Tequila’ do cartaz. Ele foi indicado na semana seguinte à visita do ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles, a Noronha”, conta o jornalista André Trigueiro em seu Twitter.

À Fórum, a assessoria do ICMBio disse que a informação que consta no convite da festa está equivocada, pois o novo diretor, para assumir o cargo, teria se afastado de sua atividade como DJ.

O instituto informou ainda que “os cargos de DAS são de livre nomeação e que o novo chefe atende aos critérios requeridos pelo cargo, tendo atuado como prestador de serviço da diretoria de Infraestrutura e Administração da Ilha, além de ser morador permanente”.

 

*Matéria atualizada às 9h50 em 15/12/19 para correção e acréscimo de informação 

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.