Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de janeiro de 2020, 15h40

Novo diretor da Capes defende criacionismo “em contraponto” à ciência

É consenso na comunidade científica de que criacionismo não é ciência

Benedito Guimarães Aguiar (Reprodução/YouTube)

Benedito Guimarães Aguiar Neto, o novo presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), órgão ligado ao Ministério da Educação, defende a abordagem educacional do criacionismo em “contraponto à teoria da evolução”. O evangélico foi reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie a partir de 2011 e foi nomeado nesta sexta-feira (24) para compor o governo Bolsonaro.

Em 2019, Aguiar Neto anunciou que o Mackenzie ampliaria os estudos do “design inteligente”, a uma roupagem contemporânea do criacionismo, que defende uma abordagem teológica da origem do universo.

O Mackenzie, desde 2017, tem um núcleo de estudos sobre isso. O termo “design inteligente” tem sido usado exatamente nas discussões que advogam a abordagem do tema na educação. Seus defensores acham que a teoria da evolução não é o suficiente para explicar a origem de tudo.

É um consenso na comunidade científica de que design inteligente ou criacionismo não são ciências. O governo do Reino Unido proibiu, em 2014, o ensino do criacionismo, ou “design inteligente”, como teoria científica em escolas e universidades públicas.

O Mackenzie chegou a realizar um congresso sobre design inteligente, em outubro do ano passado. Na época, Aguiar Neto chamou a atenção por querer introduzir os assuntos no currículo.

“Queremos colocar um contraponto à teoria da evolução e disseminar que a ideia da existência de um design inteligente pode estar presente a partir da educação básica, de uma maneira que podemos, com argumentos científicos, discutir o criacionismo”, disse à época.

O novo diretor da Capes é mestre em engenharia elétrica pela UFPB (Universidade Federal da Paraíba), doutor na Área pela Technische Universita Berlin, na Alemanha, e pós-doutorado pela Universidade de Washington, nos EUA. Já Foi presidente do CRUB (Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras) e da Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum