Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de fevereiro de 2020, 16h13

Novo secretário nomeado por Weintraub foi testemunha de defesa de Dilma no impeachment

Wagner Vilas Boas também foi secretário do MEC durante governo do PT

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Wagner Vilas Boas de Souza, escolhido pelo ministro Abraham Weintraub para ser o novo secretário de Educação Superior, foi testemunha de defesa de Dilma Rousseff durante o processo de impeachment da ex-presidenta. Vilas Boas também foi secretário no governo petista.

Segundo o portal do Ministério da Educação, a nomeação deve sair em breve no Diário Oficial da União.

Doutorando em Administração pela Universidade de Brasília, Vilas Boas é funcionário público de carreira e atuou até 2019 como diretor de Desenvolvimento da Rede de Instituições Federais de Educação Superior. Também foi Secretário executivo adjunto do MEC no governo de Dilma.

Leia também
Exclusivo: Professor que aprovou Weintraub em concurso da Unifesp virou sócio do ministro

No processo em que a ex-presidenta foi acusada de irresponsabilidade fiscal, Vilas Boas ocupou o lugar de testemunha de defesa da petista. Em testemunho dado em 16 de junho de 2016, o novo secretário deveria convencer o Senado de que as movimentações propostas pela presidenta eram legais e de acordo com as melhores práticas.

O testemunho de Vilas Boas está registrado na página oficial do Senado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum