Fórum Educação
01 de abril de 2020, 16h05

O Brasil não pode continuar a ser governado por um maluco, diz Lula

O ex-presidente afirmou em entrevista que o PT está estudando pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro

Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula voltou a defender nesta quarta-feira (1º) o fim do governo do presidente Jair Bolsonaro em razão da postura do mandatário diante do surto do novo coronavírus. O ex-líder sindical ainda comentou sobre a possibilidade de um pedido de impeachment.

“Estou convencido de que ou o Bolsonaro muda ou ele não poderá continuar governando o Brasil. O Brasil não pode ficar a mercê de um comportamento de um maluco, uma pessoa que não tem bom senso”, afirmou o ex-presidente em entrevista coletiva realizada com dez veículos da mídia progressista independente.

Questionado sobre sua posição sobre a possibilidade de um pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula disse que pediu que o PT avalie quais crimes de responsabilidade o ex-capitão cometeu no exercício do mandato.

“Precisamos afirmar corretamente qual crime ele cometeu, qual crime de responsabilidade ele cometeu”, declarou. “Pedi à Gleisi Hoffmann que acione o [ex-ministro da Justiça] Eugênio Aragão para ver quantos crimes de responsabilidade o Bolsonaro já cometeu”, completou.

Lula acredita que o impeachment não deve ser a prioridade no momento, mas afirma que a oposição caminha nessa direção. “Da renúncia para o impeachment é um pouco. Da renúncia pro ‘Fora Bolsonaro’ é um pouco”, afirmou.

“Acho que a sociedade está ficando irritada, cansada, pela insegurança que ele está passando”, completou.

Assista à entrevista:

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum