#Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de outubro de 2019, 06h33

O Globo: STF deverá anular prisão em segunda instância na próxima semana e Lula será solto

Ministros ouvidos pelo jornal afirmam que a tendência é o plenário permitir que os condenados fiquem em liberdade por mais tempo, enquanto recorrem da sentença. Se isso acontecer, entre os libertados estará Lula

Foto: Ricardo Stuckert

O jornal O Globo, um dos principais apoiadores da operação Lava Jato e do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, amanheceu nesta terça-feira (15) com a manchete: “Supremo deve anular prisões após condenação em segunda instância”. Logo a seguir, em sua linha fina, o diário da família Marinho lembra que a medida pode libertar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No texto, o jornal lembra que o presidente da Corte, Dias Toffoli, marcou o julgamento para a próxima quinta-feira. Ministros ouvidos pelo GLOBO afirmam que a tendência é o plenário permitir que os condenados fiquem em liberdade por mais tempo, enquanto recorrem da sentença. Se isso acontecer, entre os libertados estará Lula.

O Globo diz ainda que o mais provável é o julgamento começar na quinta-feira e acabar apenas no dia 23, quarta-feira. O placar deve ser apertado. Não está definido se a decisão será pelo início do cumprimento da pena a partir de confirmada a condenação pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), ou se os réus terão o direito de recorrer em liberdade até o STF analisar o último recurso da defesa. Nas duas possibilidades, Lula poderá ser libertado. Isso porque o STJ ainda não julgou o último recurso do petista contra a condenação no caso do tríplex, pelo qual foi preso em 2018.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags