Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de outubro de 2019, 22h59

“O PDT já não é mais meu partido”, diz Tabata Amaral ao anunciar saída da legenda

Alvo de uma suspensão por votar a favor da reforma da Previdência, Tabata Amaral anunciou que entrará com uma ação na Justiça Eleitoral, contra o PDT, reivindicando seu mandato

Ciro Gomes e Tabata Amaral - Foto: Arquivo/PDT na Câmara

A deputada federal Tabata Amaral anunciou ao vivo, na edição desta segunda-feira (14) do programa “Roda Viva”, da TV Cultura, que está de malas prontas para deixar o PDT. Alvo de uma suspensão do partido por ter votado a favor da reforma da Previdência, contrariando a orientação partidária, a parlamentar disse que entrará com uma ação na Justiça Eleitoral reivindicando seu mandato.

“O PDT já não é mais meu partido”, disparou.

De acordo com Tabata, o PDT tinha dado prazo de dois meses para julgá-la, mas o período já expirou e até agora não recebeu nenhum retorno da legenda. Além disso, a sigla de Ciro Gomes, que vem tecendo duras críticas a Tabata, não vem, segundo ela, lhe dando suporte em sua atuação na Câmara.

A deputada federal, apesar de ter sido paparicada por João Doria (PSDB) e ter posado para fotos com o tucano, disse que ainda “não faz ideia” para qual partido irá quando oficializar sua saída do PDT. “Tem que ser um partido que me dê espaço pra eu defender minha visão, de mundo, que fala do social, mas também fala do desenvolvimento econômico”, afirmou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum