domingo, 20 set 2020
Publicidade

“Objetivo é impedir que ele seja candidato”, diz Rui Falcão sobre Lula a Moro. Vídeo

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ex-presidente do PT, Rui Falcão, prestou depoimento ao juiz Sergio Moro, nesta segunda-feira (18), como testemunha de defesa do ex-presidente Lula, na ação da Operação Lava Jato que investiga a propriedade do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo. Na oportunidade, Falcão reafirmou a “perseguição política, jurídica e midiática, com o objetivo de impedir o ex-presidente de concorrer à presidência da República”.

Moro interrompeu o depoimento do ex-presidente do PT, e o acusou de fazer propaganda política. Falcão afirmou estar preocupado porque Lula está sendo perseguido para não ser candidato, depois de perguntado sobre sua relação com o ex-presidente. “Não é propaganda política aqui, senhor Rui. Não é o momento de o senhor fazer isso”, disse o juiz. Falcão rebateu e afirmou que estava apenas respondendo às perguntas do advogado Zanin, que questionou sobre a sua trajetória política.

É a segunda vez que Moro fala em propaganda de Lula durante audiência. Na semana passada, ele interrompeu o escritor Fernando de Morais depois que este relatou um elogio de Bono Vox ao ex-presidente. Na oportunidade, Morais responde ao juiz com firmeza: “Não faço propaganda, faço jornalismo”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.