O que o brasileiro pensa?
22 de junho de 2020, 14h33

Olavistas pressionam Bolsonaro por decreto que autoriza insubordinação de agentes da PF em mandados do STF

"Hoje a polícia do STF encarcerou Sara Winter; amanhã, vai fazer o mesmo com nossos pais, nossos irmãos, nossos filhos", diz o manifesto do grupo, comandado por Allan dos Santos e que reúne investigados por fake news e ataques a ministros do STF

Os blogueiros olavistas Allan Santos, Bernardo Kuster e Flávio Morgenstern com Carlos Bolsonaro (Reprodução/Facebook)

Um grupo de blogueiros e youtubers olavistas lançou um manifesto neste domingo (21) em que pressionam Jair Bolsonaro a emitir um decreto presidencial autorizando agentes da Polícia Federal a deixarem de cumprir mandados e determinações de órgãos judiciais, em especial do Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito das Fake News.

Encabeçados por Allan dos Santos, o grupo reúne boa parte dos alvos da investigação do STF e da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News que estão à frente de sites bolsonaristas como Jornal da Cidade Online, Crítica Nacional e o próprio Terça Livre, investigados por propagação de informações falsas e ameaças a ministros da corte.

“Com esse decreto, os agentes públicos federais — cuja maioria absoluta é composta por patriotas — não serão obrigados a sujar as mãos executando atos que agridem a democracia e a dignidade da nação brasileira. Ordens iníquas não devem ser cumpridas, e sim denunciadas. Que esse seja o primeiro passo para enterrar de uma vez por todas esse inquérito totalitário e, em seguida, punir exemplarmente os responsáveis por sua existência”, diz o manifesto, publicado no site de Olavo de Carvalho.

Os signatários reclamam de perseguição pelo STF em razão do inquérito 4781, classificado como “a peça mais macabra e totalitária já produzida na história do Poder Judiciário nacional”.

“O dossiê montado por Alexandre de Moraes assemelha-se aos amálgamas produzidos pelas polícias secretas dos regimes totalitários. E, da mesma forma que acontecia nesses regimes, a falta de evidências contra os investigados só faz aumentar a crueldade e a insânia dos perseguidores. Desejam os atuais ocupantes do STF conspurcar a história da instituição, colocando-a no mesmo rol de KGB, Gestapo, Stasi, Securitate, StB, KDS, Kempeitai, MSE, Ovra, G2?”, diz o texto.

O manifesto cita ainda a prisão de Sara “Winter” Geromini, líder do grupo “300 do Brasil”, que reuniu cerca de 30 pessoas em protestos imitando a Ku Kux Klan na Praça dos Três Poderes e promovendo ataques com fogos de artifício ao prédio do STF.

“Hoje a polícia do STF encarcerou Sara Winter; amanhã, vai fazer o mesmo com nossos pais, nossos irmãos, nossos filhos — sendo necessário para isso apenas um comentário crítico em rede social”, diz o texto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum