Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de janeiro de 2020, 15h41

Olavo de Carvalho diz que Ancelmo Gois e Zé Dirceu ainda são agentes da KGB

Em janeiro do ano passado, o Ministério da Educação comandado pelo olavista Ricardo Vélez havia soltado comunicado chamando Gois de agente da KGB

Olavo de Carvalho - Foto: Reprodução/YouTube

O astrólogo Olavo de Carvalho, guru do presidente Jair Bolsonaro, usou as redes sociais nesta sexta-feira (3) para conspirar sobre o jornalista Ancelmo Gois, colunista do Jornal O Globo, e o ex-ministro José Dirceu. Olavo evitou comentar sobre o ataque dos Estados Unidos que matou o general Qasem Soleimani, comandante da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã.

“Nem o Ancelmo Gois nem muito menos o Zé Dirceu provaram ter-se desligado dos serviços de inteligência comunistas, da URSS no primeiro caso, de Cuba no segundo”, publicou o autoproclamado filósofo em suas redes sociais.

Olavo ainda citou uma declaração de Vladimir Putin de que “não existe isso de EX-KGB” e afirmou que a mídia deveria exigir “provas” sobre um desligamento. “Significativamente, ninguém na mídia ou na política lhes exigiu jamais essa prova, como se em assunto de tal gravidade fosse obrigação moral auto-evidente crer sob palavra numa cínica e inverossímil presunção de inocência”, afirmou.

Ministério da Educação

Em janeiro do ano passado, o Ministério da Educação sob o comando do ex-ministro Ricardo Vélez divulgou uma nota oficial classificando Gois como agente da KGB. “Durante sua vida como docente, o ministro da Educação sempre ensinou e defendeu a pluralidade e o debate de ideias, recusando-se a adotar métodos de manipulação da informação, desaparecimentos de pessoas e de objetos, que eram próprios de organizações como a KGB, que na década de 60, quando da sua fuga do Brasil para a Rússia, protegeu e forneceu identidade falsa para o colunista de O Globo”, dizia o comunicado.

Reprodução/Facebook


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum