Pacheco não deve acatar ações de Bolsonaro contra ministros do STF

"Bolsonaro vai ficar dançando sozinho”, disse senador próximo de Rodrigo Pacheco à GloboNews

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), sinalizou a pessoas próximas neste sábado (14) que não pretende dar prosseguimento às ações que serão movidas pelo presidente Jair Bolsonaro contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Bolsonaro anunciou que vai acionar Senado para que seja aberto processo por “crime de responsabilidade” contra os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

“Todos sabem das consequências, internas e externas, de uma ruptura institucional, a qual não provocamos ou desejamos. De há muito, os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, extrapolam com atos os limites constitucionais”, tuitou o presidente.

Segundo o jornalista Gerson Camarotti, da GloboNews, Pacheco não enxerga nenhum motivo para abrir procedimento contra os magistrados. O destino do pedido de Bolsonaro, segundo um senador próximo de Pacheco, deve ser a gaveta.

O senador entende que o Bolsonaro quer criar um “factóide” para mobilizar apoiadores contrao STF, mas “Pacheco não vai entrar nesse jogo”. “Bolsonaro vai ficar dançando sozinho”, disse à GloboNews.

Impeachment de Bolsonaro?

Segundo o portal Poder360, a principal motivação para o anúncio de Bolsonaro não foi a prisão do aliado Roberto Jefferson, mas o temor de uma possível articulação pelo impeachment entre Barroso e o vice-presidente Hamilton Mourão. Os dois tiveram uma reunião na terça-feira (10) fora da agenda oficial.

Apesar de o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), sentar em cima de mais de 100 pedidos, Bolsonaro estaria com medo de que uma possível articulação de Barroso e Mourão possa abrir caminho para um impeachment.

Notícias relacionadas

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR