Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de dezembro de 2019, 13h55

Para 68%, escândalo de corrupção de Flávio e Queiroz prejudica imagem de Bolsonaro

Popularidade do presidente já enfrentava recordes de rejeição antes mesmo dos mandados de busca e apreensão contra o filho

Reprodução/Instagram

Pesquisa realizada pela Quaest Consultoria revelou que 68% da população acredita que o esquema de corrupção envolvendo Flávio Bolsonaro e ex-assessores afeta negativamente a imagem do presidente. O filho do presidente é investigado por realizar “rachadinhas” em seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Ainda segundo o estudo, a avaliação positiva de Jair Bolsonaro passou de 26%, registrada em novembro deste ano, para 29%. Já a avaliação negativa, caiu de 36% para 32%, conforme o levantamento.

Dados da pesquisa Ibope realizada entre os dias 5 e 8 de dezembro revelam outra realidade. Antes mesmo do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) iniciar os mandados de busca e apreensão contra Flávio e seus ex-assessores, o levantamento já apontava que a popularidade de Bolsonaro estava em queda livre: 53% dos brasileiros não aprovavam o governo do presidente, sendo este o pior resultado entre as quatro pesquisas feita pelo Instituto neste ano.

A pesquisa da Quaest Consultoria entrevistou pessoas de 110 municípios dos 26 Estados e DF entre os dias 26 e 27 de dezembro. A margem de erro máxima estimada é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum