#Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de julho de 2019, 15h49

Para Bolsonaro, Macron e Merkel não têm autoridade para discutir meio ambiente com o Brasil

“Esses dois em especial achavam que estavam tratando com governos anteriores, que vinham para cá, demarcavam dezenas de áreas indígenas e quilombolas, ampliavam área de proteção”, disse o presidente

Foto: Reprodução Band

Jair Bolsonaro deu mais um passo, nesta quinta-feira (4), na direção de criar novos embaraços internacionais. Ele disse que o presidente da França, Emmanuel Macron, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, não têm autoridade para discutir políticas de meio ambiente com o Brasil.

“Eles não têm autoridade para vir discutir essa questão conosco. Mudou a maneira do Brasil se portar perante o mundo”, disse. “Com a conivência de chefes de Estado, foi feito com que o Brasil tivesse um péssimo conceito de meio ambiente lá fora”, disse o presidente, durante café da manhã com ruralistas.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Esses dois em especial (Macron e Merkel) achavam que estavam tratando com governos anteriores, que, após reuniões como essa, vinham para cá, demarcavam dezenas de áreas indígenas e quilombolas, ampliavam área de proteção. Ou seja, dificultavam cada vez mais nosso progresso aqui no Brasil”, justificou.

Ele disse, ainda, que deu um “rotundo não” a Macron, que o teria procurado, junto ao líder indígena brasileiro Raoni Metuktire, para que o Brasil anunciasse medidas ambientais, durante encontro do G20 no Japão.

“Não é autoridade”

“Não reconheço o Raoni como autoridade, uma autoridade aqui no Brasil. Ele é um cidadão, como outro qualquer que nós devemos respeito e consideração. Mas ele não é autoridade”, afirmou.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum