Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de março de 2019, 18h25

Para Bolsonaro, ministério está “equilibrado” com 20 homens e duas mulheres

Em seu pronunciamento no Dia Internacional da Mulher, presidente chegou a mencionar passagens bíblicas, afirmando que a mulher veio da costela de um homem e que “a mulher sábia edifica o lar”

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Jair Bolsonaro, ao seu estilo, declarou que seu ministério está “equilibrado” por contar com 20 homens e duas mulheres. A afirmação foi justamente durante uma cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira (8), no Palácio do Planalto.

Para justificar sua declaração, Bolsonaro disse que cada ministra vale por “dez homens”.

As duas mulheres do ministério são Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Tereza Cristina (Agricultura).

“Pela primeira vez na vida o número de ministros e ministras está equilibrado em nosso governo. Temos 22 ministérios, 20 homens e duas mulheres. Somente um pequeno detalhe: cada uma dessas mulheres que estão aqui equivale por dez homens. A garra dessas duas transmite energia para os demais”, disse o presidente.

Costela

Em seu pronunciamento, Bolsonaro chegou a mencionar passagens bíblicas, afirmando que a mulher veio da costela de um homem e disse, também, que “a mulher sábia edifica o lar”.

“Não existe um homem que possa fazer uma política séria se não tiver, não ao seu lado, mas junto de si, uma mulher com os mesmos princípios. Graças a Deus eu tenho uma família consistente e nós devemos buscar isso e somente dessa maneira nós podemos construir uma grande nação”, destacou.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum