Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de março de 2019, 07h34

Para deputados, Bolsonaro aposta no caos para desgastar o Congresso e o STF

Líderes de partidos fizeram acordo com Rodrigo Maia (DEM) para blindar o ministro da Economia, Paulo Guedes. Em outra frente, dirigentes de legendas decidiram começar a fazer pontes diretas com os militares

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Coluna Painel, da jornalista Daniela Lima, na edição desta quinta-feira (28) da Folha de S.Paulo, informa que a guerra declarada de Jair Bolsonaro (PSL) contra o Congresso e dos filhos e aliados contra o Supremo Tribunal Federal (STF) é uma aposta no caos, segundo congressistas. Líderes de partidos que apoiam a reforma da Previdência não entendem como o Planalto se envolveu em tantos problemas em três meses.

Segundo a jornalista, já há um acordo dos partidos com o presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM/RJ) para blindar o ministro da Economia, Paulo Guedes, que ameaça jogar a toalha diante da “desarticulação” do governo para votar a Reforma da Previdência. Em outra frente, dirigentes de legendas decidiram começar a fazer pontes diretas com os militares.

Apreensão
Nos últimos dois dias, Paulo Guedes emitiu sinais que pode deixar o governo, caso a proposta da reforma da Previdência não passe. Segundo a colunista da Folha, os recados de Guedes deixou a equipe econômica do governo apreensiva.

A tradução feita pelos auxiliares é a seguinte: um dos pilares de sustentação do governo Jair Bolsonaro decidiu avisar publicamente que, sem retaguarda, não permanecerá no posto. O destinatário da mensagem é o próprio presidente.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum