Entrevista exclusiva com Lula
29 de novembro de 2019, 13h40

Para ministros do STF e do STJ, TRF-4 “errou a mão” na sentença de Lula

Se entendimento do STF fosse acatado, o caso deveria voltar à primeira instância para que o petista reapresentasse as alegações finais

Foto: Ricardo Stuckert

Juízes do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ouvidos pelo Painel, da Folha, publicado nesta sexta-feira (29), consideram que o TRF-4 “errou a mão” em decisão que não só manteve como ampliou a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O TRF-4 ignorou entendimento da 2ª Turma do STF de que réus devem ser ouvidos depois dos delatores. Se fosse acatado, o caso deveria voltar à primeira instância para que o petista reapresentasse as alegações finais.

A decisão veio mesmo com precedente do STF favorável à sua tese. Questões técnicas que foram desconsideradas reforçaram a percepção de ministros de que o processo foi usado para reafirmar a Lava Jato.

A coluna afirma: “um ministro do STJ lembra que há menções a acusações de delatores na sentença que condenou Lula na primeira instância —e que foi validada pelo TRF-4. Para ele, isso dá força ao argumento da defesa do petista, que reivindicava que o entendimento do Supremo fosse aplicado”.

Em agosto, o ministro Edson Fachin, do STF, mandou o caso do instituto Lula de volta à primeira instância, por conta da ordem das alegações finais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags