Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de janeiro de 2018, 16h03

Paraná Pesquisas: 66% dos brasileiros não querem a reforma da Previdência

Apesar de Michel Temer ter torrado bilhões visando cooptar os votos de deputados, maioria da população é contrária às mudanças propostas pelo governo.

Apesar de Michel Temer ter torrado bilhões visando cooptar os votos de deputados, maioria da população é contrária às mudanças propostas pelo governo.

Da Redação*

Apesar de o governo Michel Temer ter torrado bilhões visando cooptar os votos de deputados e pelo menos outros R$ 20 milhões em publicidade para tentar conseguir convencer a população sobre a necessidade da reforma da Previdência, nada menos que 66% dos brasileiros são contrários as mudanças nas regras da aposentadoria e dos benefícios sociais, como deseja o governo. O levantamento, feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, aponta, ainda, que 62% da população considera a reforma desnecessária, contra 28,9% que afirmam ser preciso mudar o sistema atual.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Ainda segundo a pesquisa, apenas 28% dos brasileiros se mostram favoráveis a uma reforma previdenciária, enquanto outros 6% não responderam ou não quiseram se posicionar sobre o tema. Quando questionados se acham necessário reformar a Previdência, apenas 33,3% dos entrevistados responderam que “sim”, enquanto outros 5,3% não souberam ou não quiseram responder a pergunta.

A pesquisa ouviu 2,5 mil brasileiros em 176 municípios, nas 27 unidades da federação, entre os dias 9 e 11 de dezembro do ano passado. O grau de confiança é de 95% para uma margem estimada de erro em aproximadamente 2% para os resultados gerais.

*Com informações do Brasil 247

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Fotos Públicas

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum