sábado, 24 out 2020
Publicidade

Partido da Mulher Brasileira lança candidatos homens à Prefeitura de quatro capitais

O PMB terá candidatura própria apenas em 5 capitais; só em um a cabeça de chapa é uma mulher

Aracaju, Belo Horizonte, Palmas e Belém são alguns exemplos das cidades em que o Partido da Mulher Brasileira (PMB) vai lançar homens como representantes da legenda no pleito municipal de novembro. Até o momento, partido terá candidaturas próprias em apenas cinco capitais. O prazo máximo para mudanças nas fórmulas eleitorais é no sábado (26).

Na capital de Sergipe, o candidato será Juraci Nunes; na do Pará, será Jose Jeronimo de Sousa. Em Minas, o candidato é Cabo Xavier. Nas três, as vices são mulheres: Alda, Ana Paula Andrade e Paula Maia.

O nome de Maia foi oficializado após uma grande polêmica em torno da candidatura de Xavier. O movimento feminista Quem Ama Não Mata chegou a lançar um manifesto em repúdio ao pleito.

O cenário mais controverso, no entanto, é o de Palmas, onde o PMB não tem uma mulher nem mesmo na vice. Joaquim Rocha encabeçará a fórmula que contará com Domingos Ribeiro Bezerra na vice. A capital tocantinense atualmente é governada por Cinthia Ribeiro (PSDB), que é a única mulher na disputa.

A única candidatura feminina oficializada na cabeça de uma chapa do PMB será exatamente a da presidenta e fundadora do partido, Suêd Haidar. Ela terá Jessica Rabello Guimarães como vice.

A legenda, que chegou a ter 20 deputado federais logo após a criação em 2015, não tem mais representação na Câmara.

Com informações do G1, aqui, aqui, aqui e aqui; e do Estado de Minas, aqui e aqui

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.