Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de janeiro de 2020, 14h38

“Passei o Ano-Novo buscando meu filho”: jovem negro desaparece após abordagem da PM

Carlos Eduardo Nascimento comemorava com os amigos em um bar de Jundiaí quando foi abordado pela polícia. Caso aconteceu na última sexta-feira (27)

Carlos Eduardo dos Santos Nascimento (Arquivo pessoal)

Na última sexta-feira (27) de 2019, o jovem Carlos Eduardo dos Santos Nascimento, 20, foi ao bar com mais quatro amigos no Jardim São Camilo, região periférica de Jundiaí. Momentos depois, os cinco foram abordados pela Polícia Militar, que levou Nascimento, o único negro, na viatura. Desde então, o jovem está desaparecido.

“Nem Ano-Novo a gente teve. Passamos o tempo inteiro no mato do Jardim São Camilo procurando por ele. Sábado, domingo, segunda, terça, quarta. Passei o Ano-Novo buscando meu filho. Numa angústia que não sei descrever”, afirmou Eduardo Aparecido do Nascimento, pai do jovem, ao UOL.
Os demais amigos ficaram com medo de denunciar o caso na polícia, segundo o pai. A família, no entanto, foi até a Polícia Civil solicitar a busca por Nascimento. “Ele foi abordado pela Polícia Militar às 17h, na sexta-feira. Até hoje não tivemos mais notícia nenhuma dele. Fomos no plantão policial no final de semana, me informaram que não tinha nada. Fui até o 49º BPM, disseram que não tinha nenhum registro”, diz.
“O que eu quero ouvir é: ‘seu filho está preso em tal lugar’. Mas a gente tá preparado para tudo. Se ele errou, que pague pelo erro dele. Pela nossa criação, acredito que não errou, mas espero que tenha sido isso”, continuou o pai.
Carlos Eduardo passou o último mês do ano entregando currículos para conseguir trabalho. Enquanto não tinha resposta, fazia bicos como pintor e ajudante de mudanças.

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum