Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de janeiro de 2020, 07h46

Patrícia Pillar articula encontro entre artistas para levar pauta a Regina Duarte

Patrícia Pillar quer mobilizar artistas para abrir canal de comunicação com governo Bolsonaro, diz jornalista d'O Globo. Durante eleição, atriz foi vítima de meme de bolsonaristas, com frase dizendo que ela havia apanhado do ex-marido, Ciro Gomes

Bolsonaro com Regina Duarte e Patrícia Pillar (Montagem)

A atriz Patrícia Pillar, que foi casada com Ciro Gomes (PDT), marcou uma reunião com artistas nesta quarta-feira (22) para levantar pautas que serão entregues a Regina Duarte, que está estagiando na Secretaria Especial de Cultura de Jair Bolsonaro, após demissão de Roberto Alvim.

Segundo informações da coluna de Bela Megale, no jornal O Globo, Patrícia Pillar quer reunir os artistas para “abrir um canal de diálogo com o governo” Jair Bolsonaro.

Vítima de fake news de bolsonaristas durante a eleição, quando um meme foi propagado pela milícia virtual atribuindo a ela a seguinte frase: “Gente, eu nunca fui casada com o Bolsonaro, quem me batia era o Ciro Gomes”.

“Estou aqui para dizer que estão usando a minha imagem para divulgar notícias falsas, favorecendo um candidato que jamais seria o meu. Eu nunca sofri nenhum tipo de violência por parte de ninguém. Isso é totalmente falso”, disse à época.

Durante as eleições, Patrícia também comentou uma publicação no Instagram de Regina, que havia comparado valores do salário mínimo com o que chamou de “bolsa presidiário” e criticado o PT.

A atriz questionou a bolsonarista dizendo se a solução era “votar em um candidato que nunca administrou uma rua” e que “se apresenta como o ‘salvador da Pátria’, mas não tem o menor conhecimento sobre economia, saúde e educação”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum