O que o brasileiro pensa?
06 de junho de 2020, 06h11

Paulinho da Força, que integra base de apoio de Bolsonaro, é condenado a 10 anos de prisão

Decisão foi proferida pela Primeira Turma do STF por crime contra o Sistema Financeiro Nacional e pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa

Paulinho da Força. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), conhecido como Paulinho da Força, foi condenado pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) a 10 anos e 2 meses de prisão por crime contra o Sistema Financeiro Nacional e pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Paulinho é presidente do Solidariedade, partido que integra a nova base de apoio do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ), conhecida como Centrão. Paulinho da Força foi acusado de envolvimento em desvio de recursos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A condenação é superior a 8 anos, portanto, o Código Penal define que a pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado.

A defesa do deputado nega que ele tenha cometido crime e informou que vai recorrer da decisão ao plenário do Supremo.

Segundo o advogado do deputado, Marcelo Leal, foram apresentadas provas de que houve prestação de serviço, com mais de 1,2 mil e-mails, auditorias e depoimentos. A defesa alega que Paulinho da Força foi vítima de tráfico de influência.

“A defesa respeita a decisão do STF e recebe com serenidade diante da confiança de que o recurso será admitido”, afirmou Leal.

Com informações do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum