Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de novembro de 2019, 10h37

Paulo Guedes: o professor vagabundo

Em história que sempre vale à pena lembrar, a economista Elena Landau, além de desmentir Guedes, ainda afirma que ele era um professor que faltava às aulas

Foto: Reprodução

Em episódio que sempre vale à pena lembrar, publicado em extensa matéria da Revista Piauí, de setembro de 2018, a economista Elena Landau, desmente o ministro da Economia, Paulo Guedes. Além disso, ela ainda recorda que ele era um professor vagabundo: “faltava às aulas, não corrigia os exercícios e depois queria aplicar as provas com o conteúdo dos exercícios que ele não tinha corrigido!”, disse.

Durante entrevista, se referindo ao grupo de economistas tucanos da PUC, incluindo o Persio Arida, ex-marido de Landau, Guedes disse: “Eu sei que eles dizem por aí que eu sou ressentido. Isso é coisa da Elena Landau que tomou pau na minha disciplina no mestrado. No meu curso, ela foi medíocre”, afirmou.

A autora da matéria, a repórter Malu Gaspar, foi ouvir Landau: “Ela disse que a versão não confere e me mostrou seu histórico escolar, onde consta que ela foi aprovada. ‘Isso nunca existiu, eu passei na disciplina dele! O Paulo é que era um péssimo professor. Faltava às aulas, não corrigia os exercícios e depois queria aplicar as provas com o conteúdo dos exercícios que ele não tinha corrigido! Eu queria estudar, mas ele não ia à faculdade. Então organizei uma mobilização e o tirei da PUC’”.

Guedes diz que saiu da PUC porque quis. “Aquilo é uma patota. Eles se movem juntos, vão para o governo juntos. É um modo de viver que deu certo, porque estão todos bem e ricos”, encerrou o assunto.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum