Paulo Guedes reafirma fim da estabilidade do servidor pelo Twitter do ministério

“Para ganhar estabilidade tem que provar que é um bom servidor”, diz o ministro

O ministro da economia de Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ), Paulo Guedes, refirmou, através da conta do Twitter do próprio ministério, que pretende de fato acabar com a estabilidade do servidor público.

Guedes disse: “estamos entrando agora na Reforma Administrativa para valorizar o bom servidor”.

Contraditoriamente, o ministro afirmou que a reforma “não atinge o direito de quem está lá”, mas, logo em seguida, diz que “para ganhar estabilidade tem que provar que é um bom servidor, ter espírito de equipe, ser aprovado pelo chefe”.

“’Nós estamos entrando agora na Reforma Administrativa para valorizar o bom servidor. Não atinge o direito de quem está lá. Para ganhar estabilidade tem que provar que é um bom servidor, ter espírito de equipe, ser aprovado pelo chefe’, afirma o ministro”.

Mau desempenho

A equipe de Guedes, deve enviar ao Congresso projeto de lei para instituir e regulamentar o processo de desligamento de servidores estáveis por mau desempenho.

A medida está no pacote da reforma administrativa e se somará às mudanças que serão feitas para tornar mais rígido o processo de avaliação desses quadros. A ideia, segundo integrantes do ministério, é que só um órgão colegiado, formado por mais de uma pessoa, possa chancelar as demissões, o que para eles evitaria acusações de perseguição política.

Publicidade

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR