Paulo Pimenta pede prisão de Dallagnol e Erika Marena

“Sugiro que contratem advogados e tentem uma delação premiada. Os dois sabem muito e podem ajudar a capturar toda quadrilha e quem financiou”, diz o deputado

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) usou as redes sociais para pedir a prisão do procurador Deltan Dallagnol, ex-coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, e da delegada da Polícia Federal, Erika Marena.

“O que mais precisa aparecer de fatos estarrecedores para que a delegada Erika Marena e o procurador Deltan Dallagnol sejam presos. Eu sugiro que contratem advogados e tentem uma delação premiada. Os dois sabem muito e podem ajudar a capturar toda quadrilha e quem financiou!!”, postou Pimenta.

Uma das mais reveladoras conversas contidas nos dados obtidos pela Operação Spoofing, divulgada nesta segunda-feira (22), mostra que os procuradores da Lava Jato sabiam que Erika lavrou o termo de depoimento de uma testemunha que sequer foi ouvida.

O diálogo, que aconteceu em 26 de janeiro 2016, foi enviado pela defesa do ex-presidente Lula ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Problemas administrativos

Em uma das mensagens, Deltan conversa com outro procurador, Orlando Martello Junior. “Como expõe a Erika: ela entendeu que era pedido nosso e lavrou termo de depoimento como se tivesse ouvido o cara, com escrivão e tudo, quando não ouviu nada… DPFs [delegado da polícia federal] são facilmente expostos a problemas administrativos”.

Martello responde mostrando que, para ele, o maior problema não era a falsificação em si, mas, sim, o fato de que tal situação poderia levar ao descrédito da Lava Jato, já que Erika era uma delegada ligada à força-tarefa de Curitiba.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR