Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de outubro de 2018, 16h32

Paulo Teixeira cobra posicionamento de Raquel Dodge sobre declarações de dono da Havan

Cabo eleitoral de Bolsonaro, Luciano Hang publicou um vídeo, no qual intimida funcionários de sua rede de lojas e fala para que não votem em partidos do campo progressista

Foto: Luís Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) usou sua conta no Twitter para cobrar de Raquel Dodge, procuradora-geral da República, um posicionamento diante das declarações do empresário Luciano Hang, proprietário da rede de lojas Havan e cabo eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL). Teixeira pede investigação sobre o vídeo de Hang dizendo que faz pesquisas em suas lojas para descobrir em quem os funcionários vão votar para presidente. Além disso, ainda faz ameaças àqueles que pretendem votar em branco, nulo ou na “esquerda”.

“Dra Raquel Dodge. A senhora não vai tomar providências em relação ao Senhor Luciano Hang, dono das Lojas Havan, que está ameaçando funcionários que não fazem campanha para o coiso?”, indagou Teixeira.

Entre outras afirmações nesse sentido, Hang diz que se a “esquerda” ganhar – “nós vamos virar uma Venezuela”. E ameaça: “Talvez, a Havan não vai abrir mais lojas. E aí se eu não abrir mais lojas ou se nós voltarmos para trás. Você está preparado para sair da Havan? Você está preparado para ganhar a conta da Havan? Você que sonha em ser líder, gerente e crescer com a Havan, você já imaginou que tudo isso pode acabar no dia 7 de outubro?”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum