sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Pavão Misterioso divulga mais prints falsos, mas acusa golpe e anuncia fim

No final da tarde deste domingo (7) o perfil Pavão Misterioso voltou a soltar fake news nas redes sociais. Com mais uma sequência de postagens, ele apresentou novos supostos prints que seriam de conversas do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) com o editor do The Intercept, Leandro Demori, e com ex-parlamentar Jean Wyllys.

Para justificar a falha que mostrou que o número atribuído anteriormente a Demori era o que estava vinculado a criação do perfil, o Pavão Misterioso afirmou que tinha usado o número do jornalista para reativar a conta.

“É uma pena que o sarcasmo de usarmos o chip do Demori depois do descarte para reativar esta @rroba tenha sido entendido como fraqueza. A decepção com tudo que acontece se segue a um levante que deve ser pacífico e judicial, não com alucinados”, postou.

Em uma outra publicação, o perfil que espalha notícias falsas acusa o golpe e se despede da internet fazendo a saudação comum ao presidente Jair Bolsonaro. “Sedentos por sangue justiçando alguém. Todos temos podres, os deles estão expostos, os nossos por vezes também. Hoje será a última vez do pavão, pois certamente nosso trabalho chega ao fim neste instante! Brasil acima de tudo”.

O deputado federal Marcelo Freixo disse que vai acionar a Polícia Federal para que se descubra quem está por trás do perfil fake. Ele também colocou seu telefone à disposição das autoridades para ser periciado. Um dos apontados por ser o administrador da conta é o vereador e filho do presidente da república, Carlos Bolsonaro.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.