Pazuello pode responder por homicídio pelo caos em Manaus, dizem ministros do STF

Magistrados chegaram até a cobrar de Aras medidas mais enérgicas contra o ministro da Saúde

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) passaram a defender de maneira reservada nos últimos dias a possibilidade de responsabilização criminal do ministro da Saúde Eduardo Pazuello em função da desorganização no sistema sanitário de cidades como Manaus.

Pazuello poderia responder até pelo crime de homicídio por omissão caso fique comprovado que já havia sido informado sobre os preocupantes níveis de estoque de oxigênio no Amazonas e que, mesmo assim, não tomou providências, dizem os magistrados.

De acordo com informações da Veja, integrantes do STF chegaram até cobrar do procurador-geral da República, Augusto Aras, que ele tome medidas mais enérgicas contra Pazuello. A resposta, no entanto, não foi animadora. “Já abrimos procedimento”, disse.

Aras é candidato à vaga no STF que será aberta com a aposentadoria compulsória do ministro Marco Aurélio Mello em julho. Ele tem dado indicativos de que também não pretende denunciar criminalmente o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) por seu comportamento durante pandemia.

Com informações da Veja

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR