Pazuello revela que não sabia o que era o SUS antes de assumir ministério

"Vim conhecer o SUS, a partir desse momento da vida", declarou o ministro da Saúde

“Eu nem sabia o que era o SUS [Sistema Único de Saúde], porque eu passei a minha vida sendo tratado, também em instituição pública, mas do Exército”, foi o que disse o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante coletiva de imprensa de lançamento da campanha do Outubro Rosa nesta quarta-feira (7).

“Vim conhecer o SUS, a partir desse momento da vida, e compreendi a magnitude dessa ferramenta que o Brasil nos brindou”, declarou o ministro. “Ela nos deu capacidade de enfrentar a pandemia da Covid-19, e nos dá capacidade de ser referência em muitas doenças, muitos combates que estão pelo país”, disse ainda.

Pazuello chegou ao ministério como interino da pasta em meio à pandemia do novo coronavírus e só foi efetivado em setembro, após mais de 130 mil mortes. Sem experiência em saúde, ele assumiu o posto após as saídas de Henrique Mandetta e Nelson Teich. O “deslumbre” de Pazuello com o SUS é similar ao de Mandetta, que saiu exaltando a capacidade do sistema de combater a pandemia.

Entre os “feitos” do ministro que não conhecia o SUS está a liberação do tratamento com hidroxicloroquina, que não tem comprovação científica de eficácia contra a Covid-19.

O deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), ministro da Saúde entre 2011 e 2014, criticou a fala de Pazuello. “Essa declaração de hoje mostra que ele caiu de paraquedas no SUS. Ele deveria saber, inclusive, que várias das instituições do Exército fazem isso por conta das parcerias com o SUS e seus profissionais formados pelo SUS”, disse à Fórum.

Padilha ainda aproveitou para cobrar sobre o orçamento da pasta. “Vamos torcer que esse reconhecimento signifique uma defesa firme para que o Ministério da Saúde não perca R$35 bilhões da Saúde, como está sendo retirado pelo presidente Bolsonaro para o orçamento do ano que vem. A gente precisa que aqueles que estão agora surpresos com o SUS sejam defensores dele, para que não se retire R$ 35 bilhões do Ministério da Saúde, que é um quinto das verbas da pasta do ano que vem”, declarou.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina