Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de outubro de 2019, 18h41

Pelo caso das malas de dinheiro, Geddel pega 14 anos e 10 meses de prisão e seu irmão, 10 anos e 6 meses

Além disso, ambos deverão pagar R$ 52 milhões por danos morais e mais R$ 2,5 milhões de multa pela condenação por associação criminosa e lavagem de dinheiro

Lúcio e Geddel Vieira Lima - Foto: Reprodução

O ex-ministro Geddel Vieira Lima e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, condenados nesta terça-feira (22), por associação criminosa e lavagem de dinheiro, tiveram suas penas definidas pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os ministros da Corte determinaram pena de 14 anos e 10 meses de prisão para Geddel, e 10 anos e 6 meses para Lúcio. Além disso, ambos deverão pagar R$ 52 milhões por danos morais e mais R$ 2,5 milhões de multa.

Em relação à acusação de associação criminosa, como houve divergência (3 votos a 2), os irmãos poderão recorrer ao plenário do STF. Porém, por lavagem de dinheiro, não ocorreram divergências (houve unanimidade na condenação por parte dos ministros).

Para a Corte, não há dúvida de que os irmãos são responsáveis pelo caso das malas com R$ 51 milhões encontradas em um apartamento em Salvador (BA), em 2017.

PGR

Na avaliação da Procuradoria-Geral da República (PGR), os R$ 51 milhões apreendidos seriam propinas da construtora Odebrecht; repasses do operador financeiro Lúcio Funaro; e desvio de dinheiro por políticos do MDB.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum