Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de setembro de 2018, 13h32

Pelo Twitter, Bolsonaro diz que sistema agoniza e que mídia quer desconstruí-lo

"Há anos tentam nos parar com rótulos criminosos falsos e com meias verdades distorcidas. Nos últimos meses os ataques se intensificaram, mas continuamos firmes", disse.

Bolsonaro no hospital Albert Einstein (Foto: Twitter)

Após a divulgação da reportagem da revista Veja, de um processo em que a ex-mulher o acusa de roubar cofre de um banco, ocultar patrimônio e agir com “desmedida agressividade”, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) para dizer que a mídia “lança seus últimos ataques” para desconstruí-lo. “Estamos na reta final para as eleições. Mais uma vez parte da mídia de sempre lança seus últimos ataques na vã tentativa de me desconstruir. O sistema agoniza, vamos vencê-lo”, tuitou.

Com a alta médica adiada em razão da contaminação por um catéter, Bolsonaro recebeu nesta sexta-feira (28) a visita do empresário Luciano Hang, dono da rede lojas Havan, no Hospital Albert Einstein, antes de se mostrar bastante irritado com a repercussão das últimas reportagens veículadas pela mídia.


“Há anos tentam nos parar com rótulos criminosos falsos e com meias verdades distorcidas. Nos últimos meses os ataques se intensificaram, mas continuamos firmes. Se 1% desse serviço fosse feito contra meus adversários, apenas com verdades, venceriamos por W.O.”.

O capitão reformado ainda sem comparou ao ex-presidente Lula e insinuou que a mídia é comprada pela esquerda. “Diferente do candidato presidiário, sempre me posicionei contra o controle da mídia. Mesmo assim sou o alvo favorito. Parece que a liberdade não interessa para parte da imprensa aparelhada, mas apenas as relaçõe$ promíscuas com a esquerda, nocivas à informação e à democracia”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum