Fórumcast, o podcast da Fórum
30 de janeiro de 2019, 09h26

PF cumpre mandados em nova operação que investiga corrupção nas obras do Rodoanel

Nesta etapa, somente mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em endereços ligados à construtora OAS. São investigados os crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (30) a Operação Pedra no Caminho 2, que investiga suspeitas de corrupção em obras do trecho Norte do Rodoanel. Nesta etapa, somente mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em endereços ligados à construtora OAS.

São investigados os crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo e Salvador. Todos foram expedidos, a pedido da PF, pela 5ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

Em junho do ano passado, na primeira fase da operação, 14 pessoas foram presas em São Paulo. Na época, o Ministério Público estimava superfaturamento nas obras do Rodoanel Norte da ordem de R$ 600 milhões.

Entre os indiciados pelo Ministério Público Federal (MPF) está o ex-presidente da Dersa e ex-secretário de Transportes do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), Laurence Casagrande Lourenço, e o diretor de engenharia da estatal, Pedro da Silva. Eles são acusados de fraude à licitação, falsidade ideológica e associação criminosa.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum