Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de agosto de 2019, 08h11

PF de Moro mira Fernando Pimentel, do PT, e faz buscas na casa de ex-governador de Minas

Ação da PF, desencadeada nesta segunda-feira, mira contas de campanha do ex-governador petista em 2014. Em setembro do ano passado, Pimentel foi absolvido pelo TRE-MG por 7 votos a 0 da acusação de caixa 2 sobre o mesmo pleito

Pimentel, Lula e Dilma (Foto: Ricardo Stuckert)

A Polícia Federal, comandada pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, cumpre nesta segunda-feira (12) dois mandados de busca e apreensão na casa e no escritório do ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, do PT.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

De acordo com a PF, a operação é um desdobramento da Operação Acrônimo, sobre suspeita de delitos eleitorais, em que empresas de consultoria teriam simulado a prestação de serviços para o recebimento de vantagens ilícitas em montante superior a R$ 3 milhões. As informações são da Globo Minas.

Advogado de Pimentel, Carlos Eugênio Pacelli, diz que a ação causa estranhamento, uma vez que a Operação Acrônimo “já adotou todas as medidas possíveis” e se refere a fatos de 2014. “Estamos contribuindo, colocando tudo à disposição, apesar do excesso que carateriza essa busca e apreensão”, alegou a defesa.

Em setembro do ano passado, Pimentel foi absolvido pelo TRE-MG (Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais) por 7 votos a 0 da acusação de caixa 2 referente à eleição de 2014.

A ação revela mais um caso em que Moro usa agora de seu cargo no governo Bolsonaro para continuar a perseguição contra o partido do ex-presidente Lula.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum