Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de fevereiro de 2019, 17h09

PF descobre que candidata laranja do PSL de Minas viajou ao exterior

Polícia Federal convocou para depor mulheres que teriam atuado como candidatas laranjas do PSL mineiro

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Com o objetivo de investigar o caso, a Polícia Federal (PF) convocou para depor mulheres que teriam atuado como candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais nas eleições de 2018. A principal suspeita viajou para o exterior, de acordo com Jailton de Carvalho, de O Globo.

Conforme a PF, a mulher deixou o Brasil, porém, informou que voltará para prestar esclarecimentos. Segundo a lei, a Polícia Federal só pode abrir inquérito sobre o assunto a pedido da Justiça Eleitoral.

Uma reportagem da Folha mostrou que quatro candidatas do PSL de Minas teriam sido usadas como laranjas, com o patrocínio do atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio.

O ministro era presidente do PSL no estado no período das supostas fraudes. Conforme reportagem, as quatro candidatas receberam R$ 279 mil durante a campanha e, mesmo assim, tiveram pouco mais de dois mil votos.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum